quarta-feira, 12 de junho de 2013

Publicado por Flávio Peixe

quarta-feira, 12 de junho de 2013 - 13:16

No comments
De origem suíça, a fondue de queijo é um prato muito apreciado no inverno brasileiro. O prato é democrático. Ideal para aquecer noites românticas e também para uma boa roda de conversa com amigos acompanhada de um bom vinho. Bem preparado, com ingredientes certos e de qualidade, torna-se um creme envolvente e que transforma pedaços de pão, legumes em deliciosas surpresas.

Para acompanhar a fondue os vinhos brancos são os mais indicados. Os suíços, inventores da comida, são radicais, fondue de queijo combina com vinho branco. Afinal, segundo eles, a receita da fondue leva vinho branco, logo... Deixando o radicalismo de lado, nada impede que você escolha um vinho tinto. Se precisar de dicas para harmonizar pratos e vinhos, clique aqui


Fondue de Queijo - Você sabe cozinhar! Acredite!
Ingredientes
  • 250g de queijo Gruyère
  • 250g de queijo Emmental
  • 1 dente de alho
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • 1 pitada de noz-moscada
  • 1 colher de chá de amido de milho
  • 1 cálice de conhaque
  • 3/4 de um copo de vinho branco seco

Modo de Preparar

Passar o alho nos lados e fundo da panela de fondue.
Despeje o amido de milho no vinho branco, mexa e reserve
Ralar os queijos no grosso e juntar o conhaque e o vinho branco com o amido de milho dissolvido. Acrescentar a noz-moscada e a pimenta-do-reino.
Coloque a panela no fogo baixo e acrescente os queijos, o vinho, a noz moscada e misture até o queijo derreter.
Sobre o réchaud* (tendo o cuidado de manter a chama sempre baixa), iniciar o processo de fundir a massa até que a mesma esteja homogênea e, na temperatura ideal para ser degustada. No caso de utilização da panela de vidro, você poderá usar o microondas, usando a potência alta por 2min.
O fondue pode ser acompanhado de pão italiano ou uma ciabatta, pão francês (dormido) cortado em cubos, legumes cozidos, como brócolis, couve flor ou cenoura.

(*)Espécie de fogareiro de metal usado para manter pratos aquecidos, no mesmo conceito de “banho-maria”.


0 comentários: